Uso de álcool por crianças e adolescentes em Tarrafal de São Nicolau - Cabo Verde

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Célia Rodrigues
Luísa Miranda
Carlos Morais

Resumo

São muitas as variáveis que intervêm na educação das crianças e dos adolescentes em contexto escolar. No entanto, existem outras variáveis fora deste contexto que têm influência nas condições de aprendizagem, entre as quais, o uso precoce de álcool. Assim, com este artigo pretende-se identificar, por um lado, indicadores no contexto de vida das crianças e adolescentes propícios ao uso de álcool e, por outro, as perceções sobre o conhecimento, os efeitos, as motivações, as influências e a sua relação com o uso do álcool. O estudo é, essencialmente, de natureza quantitativa com características descritivas e interpretativas. Os resultados foram obtidos por questionário a partir de uma amostra de 55 crianças e adolescentes de duas escolas, uma do ensino básico e a outra do ensino secundário. Desses sujeitos, 24 já experimentaram álcool (grupo 1) e 31 nunca experimentaram (grupo 2). Dos resultados destaca-se que a média das idades é superior no grupo que experimentou álcool, o número de sujeitos que reprovou, pelo menos uma vez, é também superior neste grupo e a mãe é o encarregado de educação mais representativo em ambos os grupos. Relativamente ao grupo que já experimentou álcool salienta-se que a maioria experimentou álcool em festas e em casa na companhia de amigos/colegas, as bebidas utilizadas foram cerveja, ponche, vinho e licor. Os principais motivos que levam as crianças e os adolescentes a usar álcool são estar curioso(a), querer divertir-se, ter prazer, ser aceite e ficar bem com os amigos

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Rodrigues, C., Miranda, L., & Morais, C. (2022). Uso de álcool por crianças e adolescentes em Tarrafal de São Nicolau - Cabo Verde. EduSer, 14(1). https://doi.org/10.34620/eduser.v14i1.186
Secção
Artigos

Referências

Baldwin, R., Miller, P., Coomber, K., Patafio, B., & Scott, D. (2022). A systematic narrative review of the effects of alcohol supply reduction policies on children and adolescents. International Journal of Drug Policy, 101, 1-17.

CCCD & ONUDC. (2013). I inquérito nacional sobre a prevalência de consumo de substâncias psicoativas na população geral. https://www.ccad.cv/site/index.php/publicacao/send/8-estudos-sobre-drogas/26-estudo-sobre-prevalencia-drogas-populacao-geral

Faustino, M., Rosabal, M., Moniz, J., Gonçalves, A., Matos, M., Marques, V., Gaspar, T., & Torgal, J. (2005). A saúde e estilo de vida dos adolescentes cabo-verdianos frequentando o ensino secundário. Universidade Nova de Lisboa, Instituto de Higiene e Medicina Tropical.

Fonseca, V. (1999, jul.-set). Exclusão escolar como processo de exclusão social: Algumas reflexões sociológicas sobre as dificuldades de aprendizagem. Revista Infância e Juventude, 3, 71-88.

Gommans, R., Müller, C., Gonneke, W., Stevens, G., Cillessen, A., & Bogt, T. (2017). Individual Popularity, Peer Group Popularity Composition and Adolescents’ Alcohol Consumption. Journal of Youth and Adolescence, 46, 1716–1726.

Hill, M. & Hill, A. (2002). Investigação por questionário (2.ª ed.). Edições Sílabo. Lda.

INE-CV. (2010). Censo 2010. https://ine.cv/censo-2010

Jackson, C., Ennett, S., Dickinson, D., & Bowling, J. (2013). Attributes that Differentiate Children Who Sip Alcohol from Abstinent Peers. Journal of Youth and Adolescence, 42, 1687–1695.

Jernigan, David H. & WHO-Management of Substance Dependence Team. (‎2001)‎. Global status report: alcohol and young people / David H. Jernigan. World Health Organization. https://apps.who.int/iris/handle/10665/66795

Kuntsche, E., & Kuntsche, S. (2019). Parental drinking and characteristics of family life as predictors of pre-schoolers’ alcohol-related Knowledge and norms. Addictive Behaviors, 88, 92-98.

Longmore, M., Sevareid, E., Manning, W., Giordano, P., Clemens, W., & Taylor, H. (2022). Adolescents’ frequency of alcohol use and problems from alcohol abuse: Integrating dating partners with parent and peer influences. Journal of Youth and Adolescence, 51, 320–334.

Mares, S., Stone, L., Litchtwarck, A., & Engels, R. (2015). Alcohol expectancies in young children and how this relates to parental alcohol use. Addictive Behaviors, 45, 93-98.

Ministério da Juventude, Emprego e Desenvolvimento dos Recursos Humanos de Cabo Verde. (2013). Estatuto e do adolescente – ECA, Lei nº 50/VIII/2013, Boletim Oficial, I Série, nº 70, de 26 de dezembro. https://www.dol.gov/sites/dolgov/files/legacy-files/submissions/CaboVerde20141204.pdf

Ministério da Saúde de Cabo Verde. (2012). Plano Nacional de Desenvolvimento Sanitário 2012-2016. https://www.insp.gov.cv/index.php/documentos/outors-documentos/36-plano-nacional-de-desenvolvimento-sanitario-2012-2016-volume-ii/file

Ministério da Saúde de Cabo Verde. (2016). Plano Estratégico Multissectorial de Combate aos Problemas Ligados ao Álcool em Cabo Verde. Cidade Velha. https://www.minsaude.gov.cv/index.php/documentosite/eventos/encontro-de-trabalho-do-ministerio-da-saude-e-da-seguranca-social-realiza-durante-esta-semana-de-8-a-12-de-agosto-de-2016-1/356-apresentacao-plano

Mustonen, A., Alakokkare, A., Salom, C., Hurtig, T., Levola, J., Scott, J., Miettunen, J., & Niemelä, S. (2021). Age of first alcohol intoxication and psychiatric disorders in young adulthood – A prospective birth cohort study. Addictive Behaviors, 118, 1-16.

Organização das Nações Unidas. [ONU] (2018). Perspectiva global, reportagens humanas. ONU News. https://news.un.org/pt/story/2018/09/1639072

UNESCO. (2017). Good policy and practice in health education: Education sector responses to the use of alcohol, tobacco and drugs. https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000247509

UNICEF. (1989). Convenção sobre os Direitos da Criança. https://www.unicef.org/brazil/convencao-sobre-os-direitos-da-crianca

World Health Organization. (2014). Relatório mundial sobre álcool e saúde 2014. http://www.cisa.org.br/artigo/4429/relatorio-global-sobre-alcool-saude-2014.php

World Health Organization. [WHO] (2018). Global status report on alcohol and health. https://www.who.int/substance_abuse/publications/global_alcohol_report/en