Educação Ambiental e Resíduos Sólidos Urbanos: Caminho para um Futuro Sustentável

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Maria Alexandra Macedo
Maria da Conceição Pereira Ramos

Resumo

Os resíduos sólidos urbanos representam uma grande implicação para o ambiente e a saúde
pública. Neste trabalho, é feito um estudo sobre a Educação Ambiental (EA), uma forma de
sensibilização da população para esta problemática, tendo como objetivo avaliar os
conhecimentos ambientais dos alunos de ensino obrigatório. Para o efeito, realizou-se um
inquérito a 480 alunos de quatro escolas portuguesas do norte de Portugal. Paralelamente a este
inquérito, foram realizadas entrevistas a entidades privilegiadas - duas empresas que trabalham
no setor do ambiente e educação e entrevistas a professores de educação ambiental e aos
diretores das quatro escolas. Como principais resultados deste estudo de caso, pode-se concluir
que: 48,54% dos inquiridos conhecem o conceito de EA, no entanto, apenas 39,17% a praticam;
65,63% dos inquiridos procedem à separação de resíduos, considerando 35,63% que a EA foi
fundamental para estas práticas. Em suma, 83,13% dos inquiridos consideram que a EA é
importante para a sociedade e 88,54% acreditam que a realização das práticas de reciclagem e
compostagem é importante para o meio ambiente.
Palavras-chave: Educação Ambiental; Resíduos Sólidos Urbanos; Sustentabilidade;
Reciclagem; Saúde Pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Macedo, M. A., & Ramos, M. da C. P. (2016). Educação Ambiental e Resíduos Sólidos Urbanos: Caminho para um Futuro Sustentável. EduSer, 7(2). https://doi.org/10.34620/eduser.v7i2.65
Secção
Artigos