Alteração de hábitos alimentares em crianças e adolescentes em idade escolar

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Sandra Celina Fonseca
Maria Isabel Mourão-Carvalhal
Eduarda Castro Coelho

Resumo

Foi objetivo conhecer as diferenças no padrão alimentar de estudantes que frequentam diferentes ciclos de estudo do ensino básico (2º e 3º ciclos do ensino básico). A amostra foi constituída por 529 adolescentes com13,32 (±1,59) anos, de numa escola pública portuguesa. A obesidade foi calculada através do IMC. Para recolher informação do padrão alimentar aplicou-se um questionário. O teste do Qui-Quadrado utilizou-se na comparação entre grupos. A prevalência de excesso de peso/obesidade foi de 22,8%. Verificou-se uma maior prevalência de excesso de peso/obesidade no 2º ciclo (27,9% versus 18,9%, p=.015). Os estudantes mais velhos saltam mais refeições (primeiro-almoço p=.000, almoço p=.009, jantar p=.015), bebem mais refrigerantes (p=.046) e bebidas alcoólicas (p=.001). Quanto ao consumo de doces, fruta, vegetais e leite, não se observam diferenças estatisticamente significativas, entre os ciclos. Concluindo, verifica-se uma degradação do padrão alimentar na passagem do 2º para o 3º ciclos do ensino básico

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Fonseca, S. C., Mourão-Carvalhal, M. I., & Coelho, E. C. (2017). Alteração de hábitos alimentares em crianças e adolescentes em idade escolar. EduSer, 9(1), 42–52. https://doi.org/10.34620/eduser.v9i1.92
Secção
Artigos